30.11.10

3 minutos e 35 segundos para uma vida mudar. Rá

É assim uma espécie de sensação que te obriga a entornares a cabeça para fora. Fechas os olhos e, de repente, aquela coisa doce - um elástico estranho e espacial esticado meio côr-de-rosa - faz sentido como nunca antes podia ter feito.

E tu, de repente, também.



É Ratatat.


E dia 10 Dezembro, na Casa da Música, vão fazer-me desejar que não estivesse a viver na Alemanha.

22.11.10

Please let me go. Quem voa não são só os passarinhos.

[é segredo mas acredito profundamente que esta música é a melhor descrição alguma vez feita dessa coisa suja e nojenta e feia chamada Amor. É uma ideia que me segue já há alguns anos e sempre pensei que fosse passando, mas não. A música está certa. Acredito mesmo que só me vou deixar apaixonar a sério-seriozinho no dia em que encontrar alguém que goste tanto tanto desta música quanto eu. é segredo.]



I have but one true friend
She sings to me
In my solitude
And i know her name
I tried to know her
In all her changes
And I don't know her place
And I dont see her face

When we come together then we forget ourselves
And just as night follows day
The beginning must become the end
And so we will start again

When we come together then we heat up the souls
And then we bake up the pie
And we lay old bones to rest
As birds we dream of the sky

9.11.10

Porque no fundo é verdade e não faz assim tão mal.



It was then he heard his intuition say
We were all basically alone

And despite what all his studies had shown
That what's mistaken for closeness is just a case of mitosis
And why do some show no mercy while others are painfully shy?

Old Weapons

And if you can't dance to this you can't do nothing for me baby.

3